segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

COZIDO DE MAROCA



 
Quem leu o último post  já sabe.
Para quem não leu, é o seguinte: o mês de dezembro, as postagens iram circular pelo tema: Comford Food. E o que seria Isso?
De uma forma bastante resumida, comford food é uma vertente da gastronomia que prioriza as receitas familiares, que além do prazer da refeição traz a tona lembranças gustativas da infância e da família. Écomida que abraça.
Você pode  até não entender isso, mas  com toda certeza tem algum prato da sua vó, da sua mãe ou de uma tia querida que te faz sentir esse acolhimento. Isso é comford food.
Para mim (nara), Tenho uma lembrança de infância muito clara dos domingos na casa de minha vó, do barulho da televisão, do calor, do ventilador, da comida e claro do bolo que entre os melhores estavam o de creme de leite e o formigueiro cheio de coco e chocolate granulado
Para mim (mazo), a melhor lembrança é do ensopado de galinha com batatas da minha vó. Era uma galinha e um refrigerante de 1 litro e vidro para 10 pessoas, então todos sentavam juntos na mesa com o refrigerante com bastante gelo para “fazer render” (e quem nunca comparou a quantidade de Refrigerante com o irmão???). No fim da tarde éramos coroados com sequilhos quentíssimos que saiam do forno direto para a boca! 
Comford food tem esse porem, é muito pessoal e familiar, mas o importante é a sensação acolhedora que desperta.
E é assim mesmo, a tradição  de se reunir ao redor da mesa passa de geração para geração. E os nossos pais vão construindo em nós e nos pequenos novas memórias e lembranças.
O cozido de Maroca (padastro de Mazo) já é uma desses novas tradições, quando ele profetiza: “Vou fazer um cozido!” todp mundo já começa a se organizar, os telefones ficam mudos e o mundo todo para! (certo posso até ter exagerado, mas não pro meu coração)
Aliais, em Salvador, dia de quinta nos restaurantes a quilo sempre tem Cozido! (pra quem nunca comeu, sei lá...tem de tudo!)
Mas Mário cozinha com calma (o que irrita um pouco Mateus, kkk, tem que ter isso senão não é comford food!), escolhe cada verdura comprada na feira, o açougueiro é seu velho amigo que além de separar os melhores cortes lhe apresenta novidade que no caso da ultima vez foi a carne seca feita do corte conhecido como cupim, que trouxe um frescor a receita sem mexer no caráter tradicional.
Enfim, amigos leitores, animaram? Ainda dá tempo! Pega o livro de receitas da familia, tira o carrinho do deposito é vá para a feira comprar uns belos ingredientes e passar do domingo cozinhando  a sua melhor comford food, ou...liga para sua mãe e pede para colocar agua no feijão, no caso do cozido de mario, no pirão, que o filho dela tá chegando para almoçar!

Um comentário:

  1. nara que legal lembrar da infancia, faz tanto bem a todos e da uma saudade....

    ResponderExcluir